Os artigos mais lidos

Quarta, Janeiro 30, 2013 Helio Loureiro Blog 19953
XGH é uma das coisas mais genias que surgiu nos últimos tempos, descrevendo a estupidez que se aplica em métodos ágeis, mas que reflete bem o ambiente corporativo. Infelizmente o site foi abandonado...
Sábado, Maio 03, 2008 Helio Loureiro FreeBSD 17355
This article is kindly linked by: http://tuxmobil.org/hp_compaq.html http://tuxmobil.org/mobile_bsd.html Barely finished my last article about FreeBSD (PRERELEASE at that time) on Compaq laptops,...
Quarta, Junho 11, 2014 Helio Loureiro Blog 16668
Nem só de discussões de licença, flamewares, releases de kernel e ativistas sapatênis vive o mundo do software livre. Às vezes é envolto de mistério também. Um dos enigmas recentes foi o sumiço da...
Sexta, Maio 20, 2005 Helio Loureiro Python 15873
Esse é o script usado para autenticar automaticamente no Speedy da Telefonica (região de São Paulo). Evita que usuários residenciais, como eu, precisem estar em frente à máquina, permitindo que a...

Container wall. Christchurch NZ by Bernard Spragg. NZ src: https://flic.kr/p/qkJ7yG

Tive a oportunidade de participar de um curso profissional de containers oferecido dentro da empresa.  Já tive oportunidade de participar de outro curso ministrado pela mesma escola sobre OpenStack numa outra vez.  Material de primeira, laboratório completo e explicações concisas.  Resolvi escrever um pouco pra quem busca algo nesse sentido pra saber se realmente vale a pena.

Meu conhecimento anterior de Dockers veio todo de documentos gerados por comunidade de usuários e pelo próprio site do Docker.  Eu já uso Docker faz alguns anos e com bastante desenvoltura.  Muita coisa que preciso fazer já é em containers.  Durante o curso percebi que realmente não tinha muita novidade.  O uso básico de docker com "run", "images", "tag", etc é exatamente o mesmo.

Uma diferença notável que eu não conhecia foi a referência quanto à OCI, Open Container Iniciative, que tem agora um binário "runc" que substituirá o comando "docker" pra criar uma abstração genérica no manuseio de containers.  Os argumentos são exatamente os mesmo que do "docker".  Então um "docker run -it ubuntu:latest bash"  funciona com um "runc run -it ubuntu:latest bash".  Parte disso é pra facilitar o uso com kubernetes.

Agora sobre kubernetes, eu não conhecia tão a fundo.  Sempre usei um básico do básico do básico com minikube na maioria das vezes.  Já tinha mexido com Jagger pra alguma monitoração de tempo em containers, mas nada como vi no curso.  O laboratório funcionando perfeitamente e com vários exercícios.   Mas várias vezes consultamos a documentação online do kubernetes, ou seja, a documentação já disponível é riquíssima.   Mesmo em alguns pontos o material didático estava bem atrás dos comandos disponíveis no último release de kubernetes. 

E o material do curso?  Sinto mas é um material copyrighted que não pode ser distribuído.  E deixaram isso bem claro.  Mas eu pessoalmente acho que a documentação com tutoriais disponíveis cobrem muito bem tudo que estava descrito ali.

Vale então fazer um curso pago de containers?  Eu diria que depende.  Se tem tempo, é possível aprender tudo sozinho em seu próprio computador.  Mas se tiver uma necessidade mais imediata de resultados, sim cursos serão um bom acelerador nessa direção.

Qualquer que seja sua decisão, keep calm and runc -it run.