Os artigos mais lidos

Quarta, Janeiro 30, 2013 Helio Loureiro Blog 18908
XGH é uma das coisas mais genias que surgiu nos últimos tempos, descrevendo a estupidez que se aplica em métodos ágeis, mas que reflete bem o ambiente corporativo. Infelizmente o site foi abandonado...
Sábado, Maio 03, 2008 Helio Loureiro FreeBSD 16012
This article is kindly linked by: http://tuxmobil.org/hp_compaq.html http://tuxmobil.org/mobile_bsd.html Barely finished my last article about FreeBSD (PRERELEASE at that time) on Compaq laptops,...
Quarta, Junho 11, 2014 Helio Loureiro Blog 15830
Nem só de discussões de licença, flamewares, releases de kernel e ativistas sapatênis vive o mundo do software livre. Às vezes é envolto de mistério também. Um dos enigmas recentes foi o sumiço da...
Sexta, Maio 20, 2005 Helio Loureiro Python 15531
Esse é o script usado para autenticar automaticamente no Speedy da Telefonica (região de São Paulo). Evita que usuários residenciais, como eu, precisem estar em frente à máquina, permitindo que a...

Debian

  • O Debian Jessie, última versão estável do sistema operacional universal Debian, foi lançado a quase 1 ano.  Somente agora criei coragem de fazer o upgrade.  Estava rodando Wheezy, a versão anterior que entrou em LTS (Long Term Support ou suporte estendido), que atendia bem o site mas, sempre existe um mas, descobri alguns problemas de limitação do kernel com o greyd.

    Alguns sites não estavam sendo marcados corretamente com ipset.  Como o greyd foi criado pra versões mais recentes de kernel (Wheezy rodava com um linux-3.2), a opção era desativar o greyd ou atualizar o sistema.  Então vamos atualizar!

    Sem ajuda dos trus La_Sombra e Rootsh nada disso seria possível.  Foi um trabalho de garimpo no passado pra achar como conectar na VM e quem ainda tinha a chave de conexão.  Culpa disso pela estabilidade do sistema.  Obrigado Debian!

    Eu já tinha feito o upgrade do Ubuntu LTS, de 14.04 pro 16.04, e esperava alguns problemas que seriam corrigidos com reboot e uns "apt-get -f install", então o acesso ao console era essencial.  Parte dessa espectativa era também o motivo pra ter postergado esse upgrade.  systemd é algo que ainda me dói no alma.

    Pra fazer o upgrade?  Do bom e velho jeito do Debian: primeiramente deixando atualizado na versão corrente, Wheezy

    # cd /etc/apt
    # apt-get update && apt-get upgrade
    

    Em seguida mover a versão pra Jessie e continuar com upgrade.

    # cp sources.list sources.list.wheezy
    # cat sources.list.wheezy | sed "s/wheezy/jessie/" > sources.list
    # apt-get update
    # apt-get dist-upgrade
    

    Pronto.  É isso.  Fácil assim.  

    Foram uns 500 MB de download, uma vez que é um servidor e roda só o necessário, um reboot e... saiu funcionando de primeira!  Eu achando que o systemd ia encrencar com alguma coisa e... nada!  Claro que nem tudo foi tão bem assim.  Precisei arrumar algumas configurações do servidor web, assim como do mail, mas muita coisa saiu funcionando sem mexer.  Ainda estou com problemas com o dovecot, mas nada que force uma volta ao Wheezy pra corrigir.

    Parabéns à equipe do Debian por um sistema tão afinado e redondo assim.  Continua sendo minha distro preferida.