image1 image2 image3 image4 image5 image6 image7 image8 image9 image10

Adicionando certificado ssl gratuitamente no seu servidor web

StartSSLFinalmente criei vergonha na cara e criei um certificado pra usar https no site.  Não que eu não usasse criptografia antes, mas era um certificado auto-assinado com aquele "SnakeOil".  Motivo?  Simplesmente uso conexão segura pra postar no site, e mais nada.

E os usuários?  Bom... eu não tenho um "grande" site com muito tráfego.  Acho que ninguém vai se sentir ofendido pelo fato de não ser possível acessar o conteúdo via https.  Aliás, até é mas vi que várias coisas no Joomla estão apontando pra http ao usar https.  Um dia eu devo arrumar isso.  Ou mudar o tema pra algum que tenha isso corrigido.

Mas o importante de ter um certificado ssl pro meu https é que consegui um assinado.  E gratuitamente.  A autoridade certificadora startssl fornece gratuitamente certificados de nível 1.  São os mais simples, mas pra quem quer algo gratuito, vale a pena.

O melhor é que bastou seguir uma receita de bolo que o pessoal da DigitalOcean fez:

https://www.digitalocean.com/community/tutorials/how-to-set-up-apache-with-a-free-signed-ssl-certificate-on-a-vps

Rápido, fácil e funcional.  Quem ainda não tiver um certificado assinado, vale a pena tanto por ser gratuito quanto pelo aprendizado.

Microsoft lidera mercado de webservers

Como descrito e previsto anteriormente em "o último dos apaches", o servidor web IIS da Microsoft tornou-se o líder de mercado, de acordo com medições da Netcraft.

Netcraft's July 2014 Web Server Survey

Com isso chegamos ao fim de uma era de dominação do software livre.  Claro que se somarmos as quantidades de servidores Apache e Nginx, teremos uma quantidade maior de servidores de software livre.  Mas então teríamos de somar o IIS com os outros servidores proprietários, como Sun e NCSA.

Em números, a virada se deve à queda do uso do Apache, além do crescimento do IIS.

Em termos de sites realmente ativos, o Apache ainda continua líder, o que mostra uma certa "inflada" nesse número de servidores IIS.

Ainda de acordo com a Netcraft, essa inflada do IIS nos últimos tempos se deve aos sites chineses, principalmente os de compras, que apesar de serem chineses, estão hospedados em servidores americanos.  Imagino que seja por conta dos serviços de cloud disponíveis por lá.

Fui verificar se meu querido site DealExtreme está entre os chineses que adotaram Microsoft, mas pude ver pelo Netcraft que ele está firme e forte com Linux.

DealExtreme web server survey

Então posso continuar com minhas compras e com consciência tranquila.

Já outro dado que vi na Internet, e que aliás me faz lembrar de olhar o Netcraft, mostra que o uso de cloud Microsoft aumentou muito no último ano.  Então esse efeito "inflado" de aumento de servidores, mas não ativos, deve ser com certeza o Azure.  

Seria isso um reflexo da melhor qualidade do IIS?  Acho que não.  Apache sempre liderou com folga esse espaço.  Seria então por ser gratuito?  Nesse quesito, o Amazon AWS também é por 1 ano.  Então não acho que seja um espaço de "servidores de experimentação", de quem está aprendendo, mas de coisa profissional, de site de e-commerce mesmo, como é dito pela Netcraft.  Mas qual o motivo de escolherem IIS?  Eu acho que é falta de conhecimento aliada com forte propaganda da Microsoft - e cursos - de Azure e .Net.  Muitas pessoas saem das universidades sabendo isso, e nem mesmo olham pra outra coisa.  Azure e .Net de hoje é o VB e Delphi de 15 anos atrás.  A diferença é que estão entrando numa área que era dominada pela qualidade do software livre, mas que agora será tomada pela quantidade de uso.  Assim foi com o navegador Internet Explorer 6.  Riscos?  Teremos novamente padrões web ditados pela Microsoft.

2014 será marcado como o ano de grandes perdas.  Falecimentos de grandes personagens da história, como o autores Ariano Suassuna e João Ubaldo, e morte da presença do software livre na web.  E da web livre.

Estamos em risco.

O último dos Apaches

Na última edição da newsletter do site Netcraft, vi uma estatística sobre o uso do Apache webserver que me deu um frio na barriga. Assim como o clássico americano "o último dos moicanos", parece que estamos vivendo tempos de extinção também de projetos open sources.  

Não, o projeto Apache não está acabando.

webservers trends - feb. 2014

De acordo com as estatísticas de servidores web no ar, coletada mensalmente pela Netcraft desde quando eu soube o que era Internet (na verdade desde que eu soube o que era Linux), mostra que o uso do Apache nunca esteve num patamar tão baixo de uso.  Os dados se comparam com os de 1995!  Ou seja, depois de quase 20 anos reinando como o melhor webserver de todos, desbancando até os servidores proprietários da época como o da NCSA (era o Netscape?)  e da própria Sun, agora o Apache vê seu rival IIS pronto pra tirar seu pódio e se tornar o mais usado servidor web.

Parte da culpa disso, é claro, vem da adoção do cloud da Microsoft, o Azure.  Tem também a parcela de crescimento do "new kid on the block" do pedaço, o nginx.  Mas parece ser inevitável uma mudança no comportamento de uso dos servidores web, trocando o open source pelo proprietário.

As consequências podem ser as piores possíveis, indo da diminuição de contribuições ao projeto Apache, o que talvez leve a um total abandono de seu uso, até o risco da Microsoft enfiar algum serviço proprietário web, como um protocolo fechado, que só funcione em servidores IIS/Azure com browser Internet Explorer (vide protocolo do Exchange Server com o Outlook, o MAPI).  Esse risco sempre existe quando se trata de Microsoft, que não pensa duas vezes em criar barreiras de uso pra aprisionar ainda mais seus usuários.

Por outro lado mostra também que a grande maioria dos desenvolvedores estão migrando pra web.  E infelizmente trazendo as péssimas práticas que aprenderam nas escolas, aquelas que têm todo um parque de ferramentas e máquinas doados pela Microsoft.

É triste de ver...

Testando servidor https

Dica para teste de servidor https. Como o mesmo usa uma sessão criptografada, um simples "telnet server 80" não é possível. Eu lembrava de ter feito algo com o openssl, então , buscando na rede, encontrei a forma de fazer isso (thanks google!):

 

$ openssl s_client -connect www.gmail.com:443 -state -debug 
GET / HTTP/1.0 

Fonte: http://httpd.apache.org/docs/2.0/ssl/ssl_faq.html

 

Atualizado em: Mon Jan 28 16:45:37 BRST 2013

Também utilizo bastante a forma abaixo:

(echo -e "GET / HTTP/1.0\n\n"; sleep 1) | \
openssl s_client -connect www.google.com:443 -state

Dessa forma é possível verificar se a página é carregada corretamente ou não de uma forma mais rápida.

2017  helio.loureiro.eng.br   globbersthemes joomla templates