Entre meus momentos de ócio, tento gastar o mesmo com o chamada "ócio criativo" (como define Domenico de Masi), onde ao invés de ficar assistindo TV, busco artigos na Internet, leio livros, etc. Entre essas buscas por algo para meu tempo sem labuta, dei de encontro com o o artigo Cooking with Linux - Eye-Popping Panels, escrito por Marcel Gagné, na Linux Journal.

Já tentei utilizar o Beryl, mas achei muito gasto de CPU para uns poucos efeitos 3D. Dessa vez tive impressões melhores e resolvi tentar seguir as dicas de Marcel. O ksmoothdock eu já tinha instalado (via ports), mas nunca usei muito seriamente. Como combinava com meu ambiente KDE, alterei a barra padrão para o topo do desktop e o adicionei como padrão na parte mais baixa. Apenas precisei fazer um link simbólico dentro de .kde/Autostart/para o binário e isso já fez o trabalho de iniciar a barra junto com resto.

O 3ddesktop necessitou de um pouco mais elaboração. Precisei associar o botão F2 ao comando (3ddesk) e criar um comando "3ddesk --acquire" em .kde/Autostart/para adquirir as telas. Somente isso e está pronto para usar, com resultados impressionantes.